Nota Pública da SBPMat.


O conselho e a diretoria da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (SBPMat) vêm a público protestar veementemente contra os cortes no financiamento à pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, endossando a posição adotada em nota recente pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e Academia Brasileira de Ciências (ABC).

Não se trata apenas de cortes para compensar queda de arrecadação ou para um ajuste fiscal, pois os cortes no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações atingem praticamente metade do previsto para o orçamento de 2017. Igualmente preocupante é a situação do CNPq, um dos órgãos mais importantes para o financiamento da pesquisa e tecnologia no Brasil, que corre o risco de interromper pagamento de bolsas e projetos em virtude de contingenciamento de seu orçamento.

O conselho e a diretoria da SBPMat exortam ao governo federal para agir com responsabilidade na preservação do sistema de ensino superior e de pesquisa do Brasil. Os cortes e contingenciamentos orçamentários ameaçam a viabilidade das atividades de universidades federais e centros de pesquisa nacionais, à semelhança do que já ocorre infelizmente com a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Os prejuízos podem ser irreversíveis.

A experiência de países desenvolvidos tem mostrado amplamente que não há desenvolvimento sócio-econômico sem educação e geração de conhecimento. A maneira como o governo federal vem tratando a educação e a ciência no Brasil pode comprometer nosso futuro.

Inscrições para o Programa Bolsas de Verão CNPEM.


O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais – CNPEMrecebe, de 17 a 31 de outubro, inscrições de interessados em participar do 26º Programa Bolsas de Verão, destinado a estudantes de graduação universitária matriculados em cursos de áreas das Ciências da Vida e Ciências Exatas de instituições de ensino localizadas em países da América Latina e Caribe. O Programa estimula jovens com vocação para pesquisa científica e atividades de desenvolvimento tecnológico. O Programa ocorrerá em janeiro e fevereiro de 2017, no campus do CNPEM, em Campinas, Estado de São Paulo.

O CNPEM é uma instituição qualificada como Organização Social, que atua para cumprir metas fixadas em Contrato de Gestão com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). No CNPEM estão agrupados quatro Laboratórios Nacionais: o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano).

Os estudantes selecionados serão orientados – de modo individualizado – por um pesquisador e/ou tecnólogo qualificado de um dos Laboratórios Nacionais do CNPEM. A missão do estudante é desenvolver um projeto proposto pelo Orientador e apresentar resultados em formas de comunicação oral (seminários), comunicação escrita resumida e comunicação escrita em forma de relatório final de pesquisa. Dentre os benefícios ofertados a cada estudante selecionado incluem-se: passagem de ida-volta desde local de origem até Campinas, hospedagem e alimentação.

As orientações para habilitar-se como candidato ao 26º Programa Bolsas de Verão do CNPEM estão em www.pages.cnpem.br/bolsasdeverao

Seleção de bolsistas no CETENE em Biotecnologia e Nanotecnologia.


O Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste – INT/MCTI (CETENE) está selecionando novos bolsistas para o Programa de Capacitação Institucional (PCI)  nas áreas de Biotecnologia e Nanotecnologia.

A modalidade de bolsa é PCI-D(A-E) e os valores e condições estão detalhados no RN-041/2013 do CNPq (Anexo II).

Os interessados deverão enviar o Currículo Lattes para ascom@cetene.gov.br até o dia 10 de novembro de 2015.

É vedada a utilização para fins de estudo em cursos de pós-graduação.

Oportunidade de bolsas de pós-doutorado junto ao DIMARE/INPE.


O grupo DIMARE (Diamante e Materiais Relacionados) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE– São José dos Campos) anuncia a disponibilidade de 2 (duas) bolsas de Pós-Doutorado Júnior (PDJ) do CNPq para início imediato, por um período de 12 (doze) meses, com possibilidade de prorrogação. Os bolsistas selecionados desenvolverão os seguintes projetos:

Projeto 1 – Incorporação de nano partículas no crescimento de filmes de DLC para aplicações Espaciais e Biológicas  (1 bolsa).

Projeto 2 – Estudo teórico-experimental da síntese de Diamante-CVD mono e policristalino visando aplicação em conversores termiônicos (1 bolsa).

Requisitos do candidato à bolsa PDJ

O candidato indicado para recebimento da bolsa de pós-doutorado júnior deverá atender aos seguintes requisitos:

a) possuir título de doutor há menos de 7 anos, quando da implementação da bolsa, no caso de proposta aprovada;

b) dedicar-se às atividades programadas;

c) não acumular a presente bolsa com bolsas concedidas por qualquer agência de fomento nacional;

Os interessados devem enviar um e-mail para o Prof. Vladimir Jesus Trava Airoldi (vladimir.airoldi@inpe.br) informando o link para o Currículo Lattes e em qual o projeto gostariam de trabalhar.

Oportunidade: bolsas para “máster” na Universidade de Valladolid (Espanha)


O “Máster en Química Sintética e Industrial” da Universidade de Valladolid (Espanha), coordenado pelos professores Pablo Espinet (espinet@qi.uva.es) e Juan Casares (casares@qi.uva.es) participa de um programa da Universidade de Valladolid e o Banco Santander, que oferece 25 bolsas, com prioridade para candidatos do Brasil e da Índia, para realização de “másters” nessa universidade.

Informações sobre as linhas de pesquisa do “Máster en Química Sintética e Industrial”, basicamente relacionadas com catálise, podem ser obtidas na página http://gircatalisishomogenea.blogs.uva.es/general-overview/

Prazo para enviar documentação: 24 de fevereiro.

Duração das bolsas: máximo 9 meses (a partir de agosto/2015)

Mais informações, edital e submissões: http://www.relint.uva.es/otrosProgramas/santander/inicio.asp

Chamada CNPq-CISB-Saab do Ciência sem Fronteiras: doutorado sanduíche e pós-doutorado na Suécia.


CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) em parceria com a empresa sueca líder em tecnologia nos segmentos aeroespacial, defesa e segurança civil, a SAAB – no âmbito da colaboração entre os governos do Brasil e da Suécia – e o CISB (Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro), instituição criada em maio de 2011 para promover iniciativas de cooperação em ciência, inovação e alta tecnologia entre os dois países, oferecem bolsas de estudo em pós-doutorado e em doutorado sanduíche, por um período de seis a doze meses, para pesquisadores brasileiros. As bolsas se destinam aos interessados em desenvolver projetos na Suécia nas áreas de Aeronáutica, Materiais e Produção, Eletrônica, Tecnologia da Informação e Comunicação e Sistemas de Engenharia Mecânica.

Esta já é a 4ª chamada aberta dentro do acordo CNPq-CISB-Saab. Os dez bolsistas provenientes da 2ª chamada de projetos já estão retornando ao Brasil e os selecionados da 3ª chamada já estão chegando à Suécia.

Confira aqui o folder de divulgação da 4ª chamada.
Para mais informações:

Processo seletivo para bolsas de pós-doutorado CAPES/PNPD no Programa de Pós-Graduação em Física da UFSC-Florianópolis.


O Programa de Pós-Graduação em Física da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC-Florianópolis) anuncia a disponibilidade de 4 (quatro) bolsas de pós-doutorado PNPD/CAPES, para o período de 2 (dois) anos, com possível prorrogação.  A mensalidade da bolsa é de 4.100.00 reais e o valor de custeio anual é de 12.000,00 reais.

O candidato pode atuar em linhas de pesquisa TEÓRICAS ou EXPERIMENTAIS, em uma das seguintes áreas: Astrofísica, Física Atômica e Molecular, Física da Matéria Condensada e Mecânica Estatística, Física Nuclear e de Hádrons, Física de Partículas e Campos.
Informações sobre os projetos e linhas de pesquisa:

– Duas (2) bolsas para o projeto “Fortalecimento das linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação da Física da UFSC” link projeto

– Uma (1) bolsa para o projeto “Fronteiras da Física Teórica e Computacional” link projeto

– Uma (1) bolsa para o projeto “Nanotecnologia e Instrumentação Virtual” link projeto

Edital CAPES- PNPD institucional: Click aqui

Inscrições:

O candidato deverá enviar e-mail para  com os seguintes documentos*:

1) Curriculum Vitae Lattes atualizado;

2) Descrição de interesses científicos, incluindo projeto de pesquisa para o período (outubro/2014 a setembro/2016) com no máximo 10 páginas;

3) Nome e e-mail de duas pessoas para eventuais cartas de recomendação;

4) O candidato deve, no ato da inscrição, informar o título do projeto para o qual estará concorrendo.

*Toda documentação deve ser enviada em um único e-mail. Os documentos 1 e 2 devem ser anexados ao e-mail, ambos em formato pdf.

Período de inscrições: 26/08/2014 a 12/09/2014

Divulgação do Resultado: até o dia 22 de setembro de 2014.

Critérios para seleção:

Os candidatos terão sua documentação avaliada pelos seguintes quesitos:

– Potencial e domínio do candidato em sua área de pesquisa;
– Diversidade de sua formação;
– Qualidade e quantidade de sua produção intelectual;
– Autonomia e maturidade científica;
– Potencialidade de interação efetiva com os grupos de pesquisa do Programa.

Requisitos do candidato à bolsa (item 4.4 do Edital da CAPES)

O candidato indicado para recebimento da bolsa do PNPD deverá atender aos seguintes requisitos:

a)   ser brasileiro ou possuir visto permanente no País. No caso de candidato estrangeiro, este deverá estar, no momento da implementação da bolsa, em situação regular no País;
b)    estar em dia com as obrigações eleitorais;
c)    possuir em seu currículo Lattes qualificações que demonstrem capacitação suficiente para desenvolver o projeto;
d)    não ser beneficiário de outra bolsa de qualquer natureza;
e)    dedicar-se integralmente e exclusivamente às atividades do projeto;
f)     não ter vínculo empregatício (celetista ou estatutário);
g)    não ser aposentado ou encontrar-se em situação equiparada;
h)    estar apto a iniciar as atividades relativas ao projeto tão logo seja aprovada a sua candidatura pela respectiva agência;
i)   ter obtido o título de doutor há, no máximo, 5 (cinco) anos quando da implementação da bolsa, estando de posse do seu diploma. Em caso de diploma obtido em instituição estrangeira, este deverá possuir o reconhecimento de validação, conforme dispositivo legal;
j)     ter seu currículo atualizado e disponível na Plataforma Lattes.

Chamada para bolsas de pós-doutorado da Dahlem Research School (Alemanha).


A Dahlem Research School, centro da Freie Universität Berlin para programas de excelência de doutorado e apoio para pós-doutorandos internacionais, estabeleceu um programa de bolsas de pesquisa, disponibilizando financiamento para que pesquisadores de pós-doutorado de destaque em todas as disciplinas possam realizar o seus próprios projetos de pesquisa na Freie Universität Berlin.

O programa é co-financiado pela Iniciativa de Excelência Alemã e pelo Programa Marie Curie da Comissão Europeia e tem como objetivo dar apoio a pós-doutorandos altamente qualificados com experiência de pesquisa internacional, além de integrá-los às redes de pesquisa da universidade na fase inicial de sua carreira.

Atualmente, são oferecidas 18 bolsas de pós-doutorado nas áreas de medicina, ciências naturais e exatas, ciências sociais e humanas e estudos regionais com uma duração de 18 meses.  Catálise é um dos temas de interesse.

A data-limite para a inscrição é o dia 15 de setembro de 2013.

Mais informações:

http://www.fu-berlin.de/pt/sites/brazil/cofund_point_regain2014.html.

Inscrições abertas para bolsas de verão do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM).


Estudantes universitários em nível de graduação interessados em participar do 22º Programa Bolsas de Verão do CNPEM devem fazer a inscrição até 30 de outubro.

O objetivo do Programa é incentivar a formação de recursos humanos qualificados para o trabalho científico e tecnológico. O Programa aceita inscrições de alunos da América Latina e Caribe de cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Física, Quimica, Computação, Matemática, dentre outros, que estejam matriculados a partir do 4º semestre e tenham bom desempenho acadêmico.

O CNPEM é composto por quatro laboratórios nacionais: Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) e Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano). Os selecionados passarão os meses de janeiro e fevereiro dedicados a realizar projeto individualizado, sob orientação de pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas, São Paulo.

Os benefícios do Programa incluem a passagem de ida-volta desde o local de origem do estudante até Campinas, hospedagem, alimentação, seguro-saúde e traslado diário para o campus do CNPEM.

Informações completas sobre o 22º Programa Bolsas de Verão do CNPEM estão
em http://www.cnpem.org.br/bolsasdeverao